Premiação Balneário Camboriú/SC

Vencedor | Fotógrafo do Ano | Lente de Ouro 2018

“VIU COMO É BOM TRABALHAR?!”


Eu tinha 18 anos e acabava de comprar uma cafeteira para a minha pequena sala. Ao som de um ventilador móvel, ouvi essas palavras do meu Pai. No interior do Rio Grande do Sul, na cidade Guaporé/RS, foi onde essa história teve início. 


Essa premiação representa tudo isso, algo que vem sendo construído desde que meus pais abriram o Stúdio Bastian. Ou seja, não venho me preparando para ser um bom profissional a anos, meses. É uma vida sendo dedicada a ser uma boa pessoa, e aí sim, aplicando os mesmos princípios na minha profissão, os frutos acabam por surgir de forma natural, sem forçar e nem querer antecipar etapas. 


Aprendi com eles também, que quem trabalha em silêncio faz com que o sucesso faça barulho.


LENTE DE OURO, O "OSCAR"


A Lente de Ouro é considerada “O Oscar” da Fotografia e filmes de casamento e Família no mundo, é o mais importante e prestigioso prêmio mundial para fotógrafos e videomakers, entregue anualmente pela Inspiration Photographers, um dos maiores diretórios internacionais na atualidade. 


O fato de eu ser um dos indicados aos finalistas já foi algo muito especial, e ouvir meu nome como o grande ganhador, em votação realizada por fotógrafos de todo o Brasil, foi surreal.


O ANÚNCIO E O BANHO


Quando o Altair Hoppe anunciou “Guilherme”, já não consegui ouvir mais nada. Meus amigos se reuniram pela minha volta abraçando e me levaram até o palco baseado em um banho da cerveja Heineken, que era uma das patrocinadoras oficiais do evento. Fiz um discurso para os grandes nomes da fotografia Brasileira, assim como haviam pessoas de fora do país também.


Agradeci a todas pessoas que estiveram comigo nos momentos bons e ruins, pois esses realmente são valorizados por mim. Muitas pessoas que me desejam boas energias e que torcem por mim não puderam estar lá, mas se sentiram representadas pela Milena, que sempre está ao meu lado.


A partir do momento que levo comigo a premiação de Fotógrafo do Ano, a responsabilidade aumenta e a expectativa das pessoas também, ou seja, meu esforço em dar o nosso melhor aumentará da mesma forma. Mas, eu continuo o mesmo! 


2018 INESQUECÍVEL E MAIS LEVE


O momento é muito bom, tenho vivido muitas coisas que não sairão da minha cabeça, mas acredito que venho com uma preocupação constante em dar meu melhor desde sempre, por isso os frutos acabam vindo de forma natural e leve, sem forçar nem se preocupar em buscar holofotes. 


É muito melhor quando tudo isso acontece de forma natural.


PESSOAS, ELAS


Dedico essa premiação a minha família. Graças a ela, tive no sangue o gosto por trabalhar forte. A fotografia veio depois. Veio com o tempo, mas no sangue tive sim a disposição em acordar e fazer acontecer independente das condições apresentadas. 


Preciso também citar aqui essas pessoas especiais mas que não puderam estar presentes lá comigo: meu pai Adalberto, fotógrafo que certamente já ganhou muitos sorrisos como premiação por ser uma pessoa do bem, me ensinou a ser honesto e a sorrir de graça, para depois colher tudo que vier. Minha mãe Geneci, que lidera nossa família de um jeito que só ela conseguiria. A Bruna, que agora lidera o estúdio da nossa família com muito empenho. E claro, a Betina, nossa pequena que foi um presente para a nossa casa e a cada dia dá mais sentido a nossa vida.


_____


Fotos: Inspiration Photographers/Oficial